Vice-presidente da ALPB, Tião Gomes, parabeniza transparência do Governo do Estado na destinação das emendas parlamentares

O vice-presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado estadual Tião Gomes, elogiou a transparência do Governo do Estado na destinação dos recursos provenientes das emendas parlamentares. Na segunda-feira (17), o governador João Azevêdo autorizou o pagamento de R$ 133,2 milhões em emendas dos deputados estaduais, que beneficiarão 207 municípios paraibanos. A região de atuação do deputado Tião, o Brejo paraibano, foi amplamente beneficiada.

Do montante total de R$ 133 milhões, R$ 77 milhões serão destinados diretamente aos municípios. O restante dos recursos será dividido entre entidades sociais, indicadas pelos parlamentares, e a Administração Direta.

O deputado Tião Gomes destacou que a clareza na alocação desses recursos representa um avanço. “Informar para onde estão sendo encaminhados esses recursos já é um avanço. Esses valores entrarão nas contas das entidades e municípios, independente da bandeira partidária. O gesto é uma demonstração de civilidade, tanto por parte do Governo como dos deputados de situação e oposição”, afirmou o vice-presidente da Assembleia.

O governador João Azevêdo enfatizou a importância da harmonia e do diálogo entre os Poderes, que têm resultado em ações benéficas para a população paraibana. “Esse momento demonstra o respeito que temos com a Assembleia Legislativa, colocando cada vez mais as pessoas dentro do processo produtivo e econômico, com políticas públicas de inclusão mais eficientes. Eu fico feliz porque as emendas trouxeram inovação nas áreas do esporte e lazer, meio ambiente e proteção à mulher”, declarou Azevêdo.

Para o próximo ano, os recursos destinados às emendas parlamentares serão ainda mais significativos, uma vez que os deputados aprovaram o aumento do percentual de 0,9% para 1% do orçamento estadual.

Os recursos liberados permitirão a execução de diversas ações, incluindo a construção e reforma de unidades de saúde, centros de imagem, bases do Samu, laboratórios, aquisição de ambulâncias e castramóveis, e equipamentos hospitalares. Também estão previstas a construção de uma cozinha comunitária, pavimentação urbana, reforma e construção de campos de futebol e ginásios, construção e reforma de praças, regularização fundiária, aquisição de mobiliário escolar e reforma de creches, além de ações voltadas para a mulher, assistência social e pesca.