João Azevedo condena retaliação de Bolsonaro à Paraíba e ao Maranhão

Spread the love

O governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB) rebateu, através das redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro (PSL), após ser alvo de ataques por parte do chefe do Planalto nesta sexta-feira (19). As declarações do presidente vazaram em áudio durante almoço com jornalistas internacionais em Brasília.

“Condenamos toda e qualquer postura que venha ferir os princípios básicos da unidade federativa e as relações institucionais deles decorrentes”, afirmou o gestor estadual.

Confira resposta na íntegra:

✔

JoãoGovernador@joaoazevedolins

A respeito das declarações do presidente Jair Bolsonaro, quero dizer que condenamos toda e qualquer postura que venha ferir os princípios básicos da unidade federativa e as relações institucionais deles decorrentes.1.74918:25 – 19 de jul de 2019Informações e privacidade no Twitter Ads447 pessoas estão falando sobre isso

✔

JoãoGovernador@joaoazevedolins · 13hRespondendo a @joaoazevedolins

A Paraíba e seu povo, assim como o Maranhão e os demais estados brasileiros, existem e precisam da atenção do Governo Federal independentemente das diferenças políticas existentes.

✔

JoãoGovernador@joaoazevedolins

Estaremos, neste sentido, sempre dispostos a manter as bases das relações institucionais junto aos entes federativos, vigilantes à garantia de tudo aquilo a que tem direito. Pelo seu povo. E pela sua história.79618:25 – 19 de jul de 2019Informações e privacidade no Twitter Ads155 pessoas estão falando sobre isso

“Tenho uma visão de que política se faz de forma republicana. Do mesmo jeito que sou governador dos 223 municípios da Paraíba, o presidente é presidente de todos os 27 estados. E não pode tratar nenhum estado com, evidentemente, nenhum tipo de discriminação. Entretanto, não acho que seja a forma correta de se tratar, que é a falta de republicanidade”, afirmou João Azevêdo ao programa ’60 Minutos’, da rádio Arapuan FM.