‘Capitalização tirará últimos centavos dos trabalhadores’, diz Ricardo sobre reforma

Spread the love

O ex-governador da Paraíba e presidente da Fundação João Mangabeira (FJM), Ricardo Coutinho (PSB), concedeu entrevista à revista Carta Capital, que divulgou o vídeo da conversa nesta quinta-feira (05). Na oportunidade, o socialista falou sobre a reforma da Previdência proposta pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL).

“O governo foi com muita sede ao pote porque a proposta apresentada é claramente antipopular e tendenciosa ao sistema financeiro que exige essa propositura. Isso vai gerar os fundos e vai capitar dinheiro para a previdência privada”, avaliou.

Ricardo comparou a previdência privada com os planos de saúde: “há trinta anos, quantos tinham plano? Há quarenta, nem existia o SUS dessa forma, era uma rede de saúde mais dispersa, despreparada. Os planos começaram apenas para uma pequena parcela da população, mas hoje uma parcela grande está no plano de saúde”.

“Os planos conseguem atrair em função do medo das pessoas achando que, quando precisar, não vão encontrar, é uma ilusão. A mesma coisa será a previdência, o sistema de capitalização vai extrair os últimos centavos dos trabalhadores e isso é muito grave”, arrematou.