Lucas critica anúncio de redução no preço do GNV na Paraíba: “Muito abaixo do esperado”

Spread the love

O vereador Lucas de Brito (PV) criticou, nesta terça-feira (30), o anúncio feito pela Companhia Paraibana de Gás (PBGás) de reduzir em apenas 1% o preço do Gás Natural Veicular (GNV). A redução começa a valer a partir deste dia 1º de maio, mas, na avaliação do parlamentar, não contempla os consumidores, já que poderia ser bem maior.

Lucas lembrou que o valor comercializado pelo GNV na Paraíba sofreu quatro reajustes em 2018, despertando a preocupação de usuários e de empresários do setor no Estado. Protestos foram realizados em João Pessoa e o vereador encaminhou pedidos à Diretoria da PBGás para a redução do preço do produto, tendo como base os valores praticados em outras cidades, como Recife (PE).

“No final do ano passado, o valor do GNV repassado pela PBGás aos postos de combustíveis da Paraíba era de R$ 2,75, enquanto que o valor repassado pela Companhia Pernambucana de Gás (Copergás) aos postos do Estado de Pernambuco, por exemplo, era de R$ 1,60, representando uma diferença de mais de um real por metro cúbico”, lembrou Lucas. Ele ainda destacou que isso tem causado uma grave crise financeira nas oficinas de GNV devido à falta de novos clientes, uma vez que o uso do combustível deixa de ser interessante.

Segundo cálculos da PBGás, com o anúncio da redução, o preço do metro cúbico do GNV vendido aos postos de João Pessoa deve passar de R$ 2,79 para R$ 2,75, enquanto o preço médio na bomba, que hoje é de R$ 3,73, deverá cair para R$ 3,69 ao consumidor.