Nilda Gondim chora ao falar sobre arquivamento de processo contra Vital: “Meu filho, você está livre”

A senadora paraibana Nilda Gondim (MDB), durante entrevista ao programa Rede Verdade, do Sistema Arapuan de Comunicação nesta terça-feira (4), desabafou ao comentar sobre a decisão da segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) que arquivou o processo aberto contra o seu filho, o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Vital do Rêgo.

Em 2014, ele foi acusado enquanto ocupava o cargo de senador e presidiu a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras, de ter recebido R$ 3 milhões do ex-executivo da empreiteira OAS Léo Pinheiro, para que pessoas ligadas à empresa não fossem convocadas para depor na comissão no âmbito da Operação Lava Jato.

https://www.facebook.com/watch/?v=537536970549734

Visivelmente emocionada, ela afirmou que Vital passou seis anos respondendo na Justiça, de forma injusta, por ofensas e agressões caluniosas que abalaram toda a família.

“Foram seis anos que a família sofreu, todos juntos por essa injustiça, essa ofensa, essa agressão e que graças a Deus, depois de 6 anos, nós podemos agora dizer; meu filho, você está livre para viver a sua vida com a seriedade que sempre foi e atuante, inclusive como senador, e que está exercendo muito bem seu papel de ministro. Eu agradeço demais a Deus pela oportunidade de ver meu filho liberto das ofensas, das acusações e podendo trabalhar livre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *