Maternidade Frei Damião realiza programação em alusão ao Dia do Fisioterapeuta

Spread the love

A Maternidade Frei Damião, que integra a rede hospitalar do Estado, realiza durante todo o dia desta segunda-feira (14) uma vasta programação em alusão ao Dia do Fisioterapeuta, que foi comemorado neste domingo (13), data em que a categoria completou 50 anos de regulamentação da profissão de acordo com o Decreto Federal nº 938 de 13 de 10 de 1969.

Uma mesa redonda sobre “A Fisioterapia nas Linhas de Cuidado do Risco Habitual e Alto Risco da Obstetrícia no Contexto Atual’, marcou a programação da manhã.  A tarde aconteceu uma “Exposição Dialogada sobre o manuseio mínimo do recém-nascido: Atenção da Fisioterapia no contexto interdisciplinar das boas práticas em UTI neonatal” com a professora Giselle Souza de Paiva da Universidade Federal do Pernambuco. A programação será encerrada às 17 horas com um Coffe break em homenagem ao dia do Fisioterapeuta.

A diretora geral da maternidade Frei Damião, Selda Gomes, destacou a importância do evento, principalmente pelo importante papel que o fisioterapeuta desempenha na unidade saúde. “É com muita graça que hoje celebramos o Dia do Fisioterapeuta, um profissional de suma importância para saúde como um todo.  Esse evento é uma forma de reconhecer o trabalho desse profissional que está presente, principalmente nos momentos em que mãe e bebê precisam de atenção e de cuidados especiais”, destacou a diretora.

“É com muita alegria e satisfação que comemoramos o Dia do Fisioterapeuta em nossa Frei Damião. A Fisioterapia é vida, essência, fazendo parte de todos os ambientes e frentes da nossa Unidade. Temos uma Equipe de extrema competência, estando presente além da assistência e cuidado ao binômio (Mãe e RN), em espaços de gestão da Frei. E nos seus 50 anos, a Fisioterapia tem representatividade marcante no contexto da Obstetrícia, e Saúde da Mulher e Neonato. Parabéns a nós, Fisioterapeutas da Maternidade Frei Damião”, disse a diretora administrativa da Frei Damião, Rosângela Guimarães.

Um dos participantes da mesa redonda foi o professor Mallison da Silva Vasconcelos do Departamento de Fisioterapia da Universidade Federal na Paraíba.  Ele   abordou o tema: “Intervenção do Fisioterapeuta na Sala de Parto” como também falou dos 50 anos da regularização de profissão do fisioterapeuta. “Está de parabéns a maternidade Frei Damião pela realização desse evento que, além de representar o reconhecimento da profissão do fisioterapeuta e fortalecer a categoria, serve também como capacitação e atualização dos conhecimentos na área”, destacou.

A fisioterapeuta Giselle Souza de Paiva, da UTI Neo-Natal do Hospital de Clínicas e da Universidade Federal do Pernambuco (UFPE) e Hospital Barão de Lucena, também no Pernambuco, destacou a importância da fisioterapia no neuro-desenvolvimento do recém-nascido como mínimo manuseio e prevenção das sequelas da prematuridade.  “Este evento que ora está sendo promovido pela Frei Damião é muito importante para a nossa categoria, pois, ao mesmo tempo que representa o reconhecimento desses profissionais, serve também como troca de experiências e atualização profissional”, destacou.

O representante do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Crefito) 1ª Região, Robson José Cavalcanti, também participou da mesa redonda e destacou os desafios que a categoria enfrenta a exemplo da questão salarial como também da delegação e cumprimento de funções.  “Foi um presente muito importante que a Maternidade Frei Damião oferece a esses profissionais, pois mostra o reconhecimento que a unidade saúde tem para com a categoria e isso é muito valioso”, afirmou.

 ” Hoje comemoramos o Dia Nacional de Fisioterapia, um dia de fundamental relevância para nós que trabalhamos na área assistencial e que presenciamos os progressos que a Fisioterapia alcançou nesses 50 anos de profissão. E também, um marco para a Fisioterapia da Maternidade Frei Damião, que realiza esse evento, único e primordial, pois é o nosso primeiro de muitos encontros que serão promovidos em  nossa instituição, na busca do seguimento da educação continuada e permanente, com base em nossas conquistas nas práticas das Linhas de Cuidado em Obstetrícia”, disse  Juliana Brito, coordenadora de Fisioterapia da Maternidade Frei Damião.

“No dia de hoje tivemos um evento rico em toda a sua programação: Comemoramos o nosso dia, agradecemos aos nossos gestores por nos valorizar tentando contemplar todos os setores com profissionais, aprendemos mais com profissionais referenciados nas áreas de obstetrícia e neonatologia e por fim nos confratenizamos e fomos presenteados com um delicioso brunch e lembranças individualizadas e identificadas com os nossos nomes”, disse o fisioterapeuta da UTI Neonatal da Frei Damião, Airton Pontual de Oliveira Júnior. 


Assessoria