Polícia Federal deflagra operação para investigar arrombamento a Correios de João Pessoa

Spread the love

Um mandado de busca e apreensão foi cumprido na manhã desta quinta-feira (26) na cidade de Cajazeiras, no Sertão do Estado, no âmbito da Operação Vindicta. A operação foi deflagrada pela Polícia Federal com objetivo de aprofundar as investigações envolvendo um suspeito de participar do arrombamento de um Centro de Distribuição dos Correios em João Pessoa.

O mandado de busca e apreensão foi cumprido na residência do suspeito, em Cajazeiras, e autorizado pelo juiz federal da 16ª Vara de João Pessoa. Quatro policiais federais participaram da ação.

O Centro de Distribuição dos Correios localizado no bairro da Torre, em João Pessoa, havia sido arrombado no dia 11 de março deste ano. Na ocasião, foram furtados 31 aparelhos smartphones que pertenciam à empresa pública.

Devido ao arrombamento, a Polícia Federal instaurou um inquérito e identificou que pelo menos um destes aparelhos estaria sendo utilizado por uma pessoa na cidade de Cajazeiras. A pessoa que estaria usando o aparelho ainda teria envolvimento com o tráfico de drogas na região e foi alvo do mandado de busca e apreensão.

O investigado, de acordo com a Polícia Federal, poderá responder pelo crime de furto qualificado, que tem pena prevista de dois a oito anos de reclusão e multa, ou ainda pelo crime de receptação, com pena prevista de um a quatro anos de reclusão e multa.

A Operação foi batizada como Vindicta fazendo referência à palavra originária do latim, que significa castigo, punição, represália. A Polícia Federal informou que o nome da operação faz alusão à ação que busca localizar os objetos furtados e a confirmação da autoria do delito.