Homem é preso com 345 quilates de pedras preciosas sem documentos

Spread the love

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu, na noite desse sábado (14), diversas pedras preciosas sem qualquer comprovação de origem. O caso foi registrado durante abordagem no quilômetro 84, da BR 101, em Bayeux.

De acordo com a PRF, as pedras preciosas eram transportadas em uma caminhonete Hilux. Durante fiscalização ao interior do veículo, os policiais localizaram uma balança de precisão e diversos sacos plásticos pequenos. A equipe então iniciou uma fiscalização minuciosa e localizou 345 quilates de pedras preciosas diversas, entre elas ametistas, turmalina preta, água marinha, turmalina rosa, safira, entre outras. Algumas pedras estavam lapidadas e outras em estado bruto.

O condutor do veículo, um homem de 58 anos, se apresentou como proprietário da mercadoria e falou que recebeu as pedras como forma de pagamento de uma dívida, mas não soube precisar a origem. As pedras preciosas não tinham comprovação de origem e de autorização de extração. O valor da mercadoria não foi estimado porque depende da pureza. Um quilate de água marinha, por exemplo, pode chegar a valer até 750 dólares.

O homem foi preso e encaminhado à Polícia Federal e deverá responder por crime contra a ordem econômica por usurpação e exploração de matéria-prima pertencente à União sem autorização, com pena prevista de 1 a 5 anos de detenção.


Redação