Lucas destaca necessidade de políticas públicas para refugiados venezuelanos na PB

Spread the love

O trabalho de acolhimento aos refugiados venezuelanos que chegam à Paraíba foi tema de pronunciamento do vereador Lucas de Brito (PV) na tribuna da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), nesta terça-feira (20). Atualmente, mais de 400 refugiados estão em solo paraibano, sendo a maioria em casas de acolhida.   

“Esse é um tema relativamente novo. Nos últimos três anos estamos vivenciando o maior fluxo migratório terrestre que o país já viu. Diariamente, cerca de 250 venezuelanos buscam refúgio no Brasil. De 2015 para cá, são mais de 170 mil que ingressaram no país, a maioria pelo estado de Roraima, que hoje dispõe de 13 abrigos permanentes para receber essas pessoas por meio da Operação Acolhida”, explicou Lucas ao comentar a ação liderada pelo Exército Brasileiro. 

De acordo com os organismos internacionais, 90% da população da Venezuela estão na miséria e 12% já deixaram país por conta das graves violações dos direitos humanos. Desse modo, a Venezuela se tornou o país que mais tem emigrantes no mundo, à frente de países como a Síria e o Iraque. 

“Na Paraíba, as cidades do Conde e de João Pessoa são as que recebem os venezuelanos. Daí a necessidade de a Câmara municipal deflagrar um debate sobre essa temática”, acrescentou Lucas. O vereador ainda fez um reconhecimento ao Exército Brasileiro, que lidera o acolhimento oferecendo cuidados de saúde, abrigo e documentação aos migrantes. “É preciso pensar nas políticas públicas para garantir a dignidade dessas pessoas em solo brasileiro”, finalizou.


Assessoria