Líder de João na ALPB confirma intervenção e responsabiliza Cida e Estela por crise no PSB

Spread the love

O líder do governo na Assembleia Legislativa, Ricardo Barbosa, admitiu nesta terça-feira (20), que houve intervenção nacional no diretório do PSB na Paraíba e concordou com o deputado licenciado Hervázio Bezerra ao responsabilizar as deputadas Cida Ramos e Estela Bezerra pela crise no partido.

“O partido [Nacional] não vai assumir que promoveu uma intervenção sem causa pelos postulados e princípios democráticos que se propõe, mas foi intervenção sim”, disse confirmando que a dissolução do diretório estadual não foi promovida apenas internamente.

O deputado admitiu o racha e concordou com o deputado licenciado Hervázio Bezerra que responsabilizou Cida e Estela pela crise. Apesar de dizer que não ia responsabilizar ninguém, o deputado alegou que cada um tem consciência do seu papel e que pessoas com o tamanho que as deputadas têm pela história e número de votos delas, os seus pronunciamentos na Casa tem repercussão. “Esse é um problema que só sabe como começa não sabe como termina e quem começou a Paraíba sabe”.

Apesar disso, o deputado apontou que não há nenhum indicativo concreto de formalização de rompimento. “Há uma crise, não há como se negar, protagonizei falas para que houvesse encontros entre João Azevêdo e Ricardo Coutinho (…) mas está vencido o aconselhamento de buscar diálogo”, disse. 

“Como não há formalização de rompimento, não há outra forma de juntar os cristais quebrados sem que haja encontros, reuniões e uma conversa amistosa como preceitua a relação que João e Ricardo construíram ao longo da caminhada. Numa ruptura entre as duas forças elas levam consigo, cada uma, parte dos blocos e hoje temos um, passaremos a ter dois ou mais o que enfraquece o partido e a história já mostrou exemplos semelhantes”, afirmou.


Redação