Coronel é preso durante operação que apura fraudes em laudos dos Bombeiros na PB

Spread the love

Um coronel do Corpo de Bombeiros acabou preso, nesta sexta-feira (23), durante operação do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO) , do Ministério Público da Paraíba, que apurar supostas fraudes em um esquema de corrupção na emissão de laudos técnicos pelo Corpo de Bombeiros. Com o oficial teria sido encontrada uma arma sem o devido registro. Um engenheiro civil também foi alvo da operação.

De acordo com informações, um coronel do Corpo de Bombeiros e um engenheiro civil estariam entre os alvos da operação.

A suspeita é de que o coronel tenha sido responsável pela liberação de alvarás os projetos de segurança contra incêndio e pânico na Diretoria de Atividades Técnicas (DAT). Para tanto, o oficial contaria com a colaboração do engenheiro seria um intermediário para suposta correção de projetos mediante pagamento. Os valores variavam de R$ 100 a R$ 20 mil dependendo do tamanho do estabelecimento ou do problema identificado.

O engenheiro confeccionou de 2013 a 2018,  230 projetos de combate a incêndio, o que causou estranheza ao MP pelo excessivo número de projetos dessa natureza. Ademais  o relatório parcial evidencia que o coronel teve em sua conta bancária depósitos realizados por pessoas físicas e jurídicas ligadas  ao ramo da construção. 


Redação