Secretário nega retenção de macas e lamenta: “É inaceitável uma pessoa passar 3 horas no asfalto esperando atendimento”

Spread the love

O secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros lamentou na tarde desta terça-feira (30) a demora do atendimento por parte do Serviço Móvel de Urgência (Samu), de João Pessoa, a um paciente vítima de acidente de trânsito ocorrido este final de semana. ”  É inaceitável uma pessoa ficar três horas  no asfalto esperando uma ambulância para ser atendido”, afirmou o secretário.

Durante  entrevista por telefone ao Programa Arapuan Verdade do Sistema Arapuan de Comunicação Geraldo Medeiros lembrou que durante o final de semana o Hospital de Trauma de João Pessoa  registrou uma sobrecarga com mais de 500 atendimentos, sendo que desses, 100 eram vítimas graves.

O secretário deixou claro que em nenhum momento o Trauma reteve as macas do Samu.  ” O objetivo  primordial  da equipe de atendimento é salvar o paciente mesmo que haja a necessidade dele permanecer na maca”, destacou o secretário.

Ainda segundo Geraldo Medeiros, a Prefeitura de João Pessoa tem que  refazer os cálculos, porque  a capital tem apenas 14 ambulâncias do Samu para atender a uma população de mais de um milhão de pessoas”, finalizou.


Redação