Professores estaduais terão política de prevenção da saúde mental e auditiva

Spread the love

De autoria do deputado estadual Nabor Wanderley (PRB), a lei 11.366/2019, sancionada pelo governador João Azevedo (PSB), institucionaliza a Política de prevenção da saúde mental e auditiva dos professores da rede estadual, na Paraíba.

Conforme dispõe a lei, serão considerados problemas de saúde mental o estresse, fadiga, síndrome do pânico, ansiedade intensa e a depressão. Para Nabor é preciso cuidar também da saúde dos professores para se ter um ensino de qualidade. “Nossos estudantes são o futuro da Paraíba. É preciso cuidar da educação em todas as esferas, começando por nossos professores. É uma profissão desgastante, não é à toa que esses profissionais se aposentam mais cedo que os demais”, explicou Nabor.

O deputado afirmou ainda que a política de prevenção é bem menos onerosa para os cofres públicos do que o tratamento das doenças e informa que “a lei estabelece que as formas de prevenção serão através de campanhas informativas, formativas e de orientação sobre as doenças profissionais mentais, vocais e auditivas mais comuns entre os docentes”.

Importante ressaltar que a lei já está vigorando em todo o Estado da Paraíba.