Ambulantes entram em confronto com guardas municipais na Praça Pedro Américo

Spread the love

Nesta quarta-feira (29), o protesto dos ambulantes do centro de João Pessoa acabou em confusão e troca de agressões na Praça Pedro Américo, localizada no Varadouro. Os manifestantes teriam trocado socos e empurrões com representantes da Guarda Municipal e a Polícia Militar precisou ser acionada para acalmar os ânimos.

“Levei um soco na boca, jogaram spray de pimenta na gente, fui jogada nas calçadas, um ambulante acabou sendo algemado, uma senhora está desmaiada e outra levada ao hospital. Queremos apenas uma pauta de reivindicação com o prefeito Luciano Cartaxo (PV), seu irmão ou o secretário Zennedy”, afirmou a presidente da categoria, Márcia Medeiros.

A representante contou que pretende fazer um acordo com os guardas porque a polícia garantiu que prenderá quem me a agrediu. Os ambulantes reivindicam a recuperação dos produtos apreendidos no fim de abril.

Em nota, a Sedurb afirma que o intuito das operações é garantir o passeio público. Leia na íntegra:

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) vem esclarecer que continuará seguindo a recomendação do Ministério Público e informa que as fiscalizações estão ocorrendo de maneira permanente. A Secretaria reitera que o intuito é garantir o passeio público, assim como previsto no Código de Posturas do Município.

A Sedurb ressalta ainda que não realizou nenhum tipo de acordo para que esses comerciantes ocupem as Ruas Santo Elias e Santos Dumont e que essas áreas foram ocupadas por conta própria, no entanto, já foi feito um acordo com o Sindicato dos Ambulantes (SindAmbulantes) para que esses vendedores sejam realocados para o antigo prédio do Banco do Brasil, no Mercado de Mangabeira.

Por fim, é importante lembrar que a Secretaria tem se colocado à disposição para receber os comerciantes que desejem regularizar sua situação e que a Sedurb tem discutido pessoalmente, caso a caso, possibilidades de solucionar o problema.