Justiça condena adolescentes que estupraram crianças em colégio da Capital

Spread the love

O juiz da 2ª Vara da Infância e Juventude, Luis Augusto Souto Cantalice, após julgamento na noite desta quarta-feira (24), condenou os quatro adolescentes acusados de estuprar duas crianças em uma escola localizada na orla de João Pessoa.

Os acusados foram condenados a internação, mas a sentença ainda não foi divulgada em sua totalidade porque o processo corre em segredo de justiça. O advogado de defesa, Aécio Farias, informou que vai recorrer da decisão.  

Os casos de violências sexuais ocorridas no Colégio Geo Tambaú de João Pessoa ganharam repercussão no dia 12 de março, quando três adolescentes foram apreendidos suspeitos do ato infracional, que teriam sido praticados em 2018. Os fatos teriam, ainda, a participação de um ex-funcionário da escola, que está respondendo ao processo em liberdade, cumprindo medidas cautelares. Todas as vítimas são meninos de até 10 anos de idade.