Criança morre por falta de assistência médica no aeroporto Castro Pinto, em Bayeux

Spread the love

Uma criança de apenas um ano de dois meses morreu na noite desta quinta-feira (4) ao ser vítima de duas paradas cardíacas. O fato aconteceu dentro do aeroporto Castro Pinto, em João Pessoa.

De acordo com a polícia,  Sofia Ferreira Lima estava embarcando para o Rio de Janeiro na companhia da mãe e da tia  quando, de repente, a criança começou a passar mal.

Desesperada, a mãe saiu correndo em busca de atendimento médico no aeroporto, mas o serviço não existia. O Serviço de Atendimento Médico  (SAMU) foi acionado.

A  criança foi socorrida para o Hospital Metropolitano da Capital, mas não resistiu e morreu dentro da ambulância.

Os médicos contaram os familiares que a criança sofreu duas paradas cardíacas seguidas de convulsões.