Hospital de Trauma de João Pessoa alerta sobre a prevenção do câncer de colo do útero

Spread the love

O mês de março é muito importante para as mulheres não só pelo Dia da Mulher e tudo que a data representa, mas também por ser o mês de alerta para prevenção do câncer de colo do útero. Pensando nisso, o Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho – SESMT, do Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena promove palestras sobre a importância de realizar exames anualmente.

Magdeline Lima, psicóloga responsável por ministrar as pequenas palestras, informou que segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), somente em 2018, mais de 16 mil novos casos desse tipo de câncer foram registrados, por isso o ‘Março Lilás’ busca sensibilizar as mulheres sobre os riscos dessa doença. “Março Lilás é o mês de conscientização sobre a importância de se prevenir contra o câncer do colo do útero, a quarta maior causa de morte de mulheres por câncer no Brasil, de acordo com o INCA”, explicou.

A psicóloga frisou que todos os setores da instituição estão sendo beneficiados com os diálogos a respeito da prevenção do colo de útero. “As pequenas palestras duram, no máximo, 10 minutos para não atrapalhar a rotina dos funcionários. Passamos pelas diversas áreas da instituição e deixamos o alerta para as mulheres, pois sabemos que a correria diária às vezes nos impede de procurar o médico”, relatou.

Magdeline explicou ainda que as medidas de prevenção são simples. Toda mulher com vida sexual ativa ou a partir dos 25 anos deve fazer o exame preventivo, também chamado de Papanicolau, todos os anos. É através desse exame que inflamações e alterações iniciais podem ser descobertas e tratadas logo, antes de evoluírem para uma doença agressiva e que pode levar a morte.

A enfermeira da internação, Sandra Santos, adorou receber as informações no seu local de trabalho. “É muito bom receber dicas sem precisar sair do nosso posto de trabalho, pois ficamos informadas e não precisamos mudar nossa rotina. Em menos de 10 minutos, o recado foi passado de forma rápida e segura. Agora, é arranjar um tempinho e pelo menos uma vez por ano fazer todos os exames preventivos necessários”, finalizou.

Secom-PB